• T-
  • T
  • T+
CÓDIGO SINDICAL: 565.000.02779-7
Filiado à CUT Contracts

Ato Não Esqueceremos completa seis meses e categoria aprova greve geral

O dia 20 de junho foi marcado por mais um ato Não Esqueceremos, que completou seis meses desde a sua primeira edição. A iniciativa, realizada mensalmente, foi criada para lembrar o 20 de dezembro de 2016, quando a base aliada do Governo Sartori aprovou a autorização de extinção de nove fundações estaduais e uma autarquia, e reuniu dezenas de pessoas no centro da capital. No mesmo dia, em Assembleia Geral Extraordinária, trabalhadores e trabalhadoras da base do SEMAPI decidiram, por unanimidade, participar da greve geral do dia 30 de junho.

Não Esqueceremos

Os 30 deputados e deputadas que aprovaram a extinção das fundações tiveram seus rostos expostos do Largo Glênio Peres, sob a alcunha de traidores, bem como o governador, seu vice, e a presidente da Assembleia à época. A partir das 11h, os participantes buscaram chamar a atenção da população para a barbaridade cometida por estes parlamentares, e não deixar que a sociedade esqueça de seus rostos, para que não se elejam novamente.

Após o protesto, servidores e servidoras saíram em caminhada carregando os bonecos até a Praça da Matriz, onde mais pessoas aguardavam. Além das fundações representadas pelo SEMAPI – Fundação de Recursos Humanos (FDRH), Fundação Zoobotânica do RS (FZB), Fundação de Ciência e Tecnologia (CIENTEC), Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano (Metroplan) e a Fundação de Economia e Estatística (FEE) , teve sua extinção autorizada, no mesmo Projeto de Lei, a Fundação Piratini (TVE e FM Cultura). Além dessas, também foram autorizadas as extinções da Companhia Riograndense de Artes Gráficas (Corag), da Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (FEEPS), e da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro).

Greve geral

Logo depois, às 13h, na Praça da Matriz, foi realizada a Assembleia Geral Extraordinária para deliberar sobre a participação da categoria na greve geral de 30 de junho, que está sendo convocada pelas centrais sindicais. Por unanimidade, os presentes aprovaram a medida.
A greve tem como objetivo protestar contra a reforma trabalhista e a reforma Previdenciária propostas por Temer, que arrasam com os direitos da classe trabalhadora. Um governo atolado em corrupção, sem legitimidade alguma, não tem moral para exigir que o povo pague a conta dessa má administração. Dia 30, todos às ruas!
 
 
Voltar
  • SEMAPI-RS
  • 0800 5174 06
    (51) 3287 7500
    (54) 3039 3033 (Caxias do Sul)
    (55) 3029 1232 (Santa Maria)
  • ouvidoriasemapi@gmail.com
  • Rua General Lima e Silva, 280 / Porto Alegre - RS - CEP: 90050-100
    Rua Pinheiro Machado, 1652 / 1º andar / Centro / Caxias do Sul
    Santa Maria: Rua Dr. Bozano, 1147 / salas 206A e 206B / Centro / Santa Maria
  • Newsletter