• T-
  • T
  • T+
CÓDIGO SINDICAL: 565.000.02779-7
Filiado à CUT Contracts

Audiência marca necessidade de recursos e sede própria para a UERGS

Apesar da chuva, o espaço do Memorial do Legislativo não foi suficiente para acolher tantas pessoas que foram prestigiar a audiência pública em defesa da UERGS – muitas precisaram ficar de fora. O evento ocorreu na tarde desta segunda-feira (4/11) e contou com a participação de diversos deputados estaduais e federais, vereadores, prefeitos, professores, funcionários, estudantes, reitor e ex-reitores, que se mobilizaram para mostrar a importância da Universidade para a sociedade e o Estado.
 
Em suas falas, todos foram unânimes ao opinar que a UERGS precisa ter uma sede própria, para que não continue tendo que pagar aluguel, e que é necessário ampliar os recursos para a Universidade, para que ela cresça e se fortaleça. Também foi dito que, apesar da precariedade, a Instituição se mantém com um ensino de excelência, atuando em diversas regiões do Estado, com 24 unidades universitárias.
 
O deputado Gabriel Souza (MDB) sugeriu buscar recursos da iniciativa privada para a Universidade, que não sejam apenas do Tesouro do Estado. Já outros participantes defenderam a ideia de que a UERGS precisa continuar sendo pública, sem ficar refém do mercado financeiro, e que o ensino superior não deve ser um privilégio, mas um direito de todo brasileiro. A deputada Sofia Cavedon (PT) alertou que o que falta, na realidade, é vontade política para resolver a situação da UERGS.
 
diretora do SEMAPI, Bárbara Amorim, reiterou a necessidade de um Fundo Especial como alternativa para a autonomia financeira da UERGS, e que é importante lembrar que ela deve continuar pública, garantida pelo Estado do Rio Grande do Sul, e gratuita a todos alunos e alunas. Bárbara também comentou sobre a relevância de sedes próprias adequadas ao ensino, à pesquisa e à extensão de qualidade no interior e na capital. "Queremos uma UERGS diversa e integrada, inserida nas comunidades e promotora do desenvolvimento regional sustentável", disse a diretora que também ressaltou a importância da realização de concursos para o corpo técnico e apoio administrativo.
 
O diretor da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia, Antonio Henrique Abrahão, disse ter ficado emocionado ao ver tantas pessoas na audiência, e também com as falas dos presentes. Ele se colocou à disposição para cooperar e criar um canal de comunicação direto entre a Secretaria e os estudantes. Para Abrahão, este evento foi uma demonstração inequívoca da força da UERGS.
Voltar
  • SEMAPI-RS
  • 0800 5174 06
    (51) 3287 7500
  • ouvidoriasemapi@gmail.com
  • Travessa Alexandrino de Alencar, 83, bairro Azenha - Porto Alegre/RS
  • Newsletter