• T-
  • T
  • T+
CÓDIGO SINDICAL: 565.000.02779-7
Filiado à CUT Contracts

Cálculo do PIB no Rio Grande do Sul não é reconhecido pelo IBGE

Apesar da crise visível, a economia do Rio Grande do Sul (PIB) cresceu 0,9%, no primeiro trimestre de 2019, na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo relatório divulgado na quinta-feira, 01.

“É o terceiro trimestre seguido em que o PIB gaúcho apresenta desempenho acima da média do país”, diz a nota do governo anunciando o dado positivo.

O PIB do Brasil teve crescimento de 0,5% neste intervalo. A comparação, porém, tem inconsistências.

Para tornar comparáveis as duas estimativas (a do IBGE para o PIB nacional e a da Fipe para o PIB regional|) houve uma “compatibilização” como explica o relatório trimestral apresentado nesta quinta.

A divergência está na base dos cálculos.

Para o cálculo dos PIBs estaduais o IBGE desenvolveu uma metodologia em parceria com fundações públicas, como era o caso da FEE, no Rio Grande do Sul.

Com a extinção da FEE, na gestão de Ivo Sartori, o governo do Estado contratou a Fipe que é uma fundação privada e teria que fazer um convênio com o IBGE para assumir as contas regionais no Rio Grande do Sul. O IBGE não aceitou abrir sua base de dados para uma empresa privada.

Com isso, o  PIB do Rio Grande do Sul, que desde 2017 é calculado pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), de São Paulo e que adota uma metodologia que o IBGE não reconhece, é um número extra-oficial, sujeito a revisões futuras.

O governo atual já se deu conta do desgaste (e eventuais prejuízos em repasses ) dessa situação “atípica”. Durante a entrevista coletiva de imprensa que apresentou o relatório trimestral, a Secretária  Leany Lemos anunciou que a Seplag deverá retomar a produção de cálculos do PIB com equipe própria do Departamento de Economia e Estatística (DEE).

“Estamos revendo o contrato e vamos retomar algumas atividades, entre elas o PIB, incluindo o cálculo do PIB municipal”, anunciou.


Matéria publicada originalmente no site do Jornal Já
http://www.jornalja.com.br/calculo-do-pib-no-rio-grande-do-sul-nao-e-reconhecido-pelo-ibge/?fbclid=IwAR1-0rqikMTVejaatQP0cYfM6Teu-Tbtl0QXG2nx_DoJPJV1TMqk9CmHD8s
Voltar
  • SEMAPI-RS
  • 0800 5174 06
    (51) 3287 7500
  • ouvidoriasemapi@gmail.com
  • Travessa Alexandrino de Alencar, 83, bairro Azenha - Porto Alegre/RS
  • Newsletter