• T-
  • T
  • T+
CÓDIGO SINDICAL: 565.000.02779-7
Filiado à CUT Contracts

Covid-19 vitima trabalhador da FASE

A semana começou com tristeza e revolta para os trabalhadores das fundações estaduais que estão na linha de frente, em especial da FASE. O agente socioeducativo João Batista Ramos de Freitas foi vítima de complicações decorrentes da Covid-19, falecendo na madrugada desta segunda-feira (18).
A morte de Batista poderia ter sido evitada caso o governo do Estado tivesse agido com presteza e responsabilidade, destinando EPIs aos trabalhadores e oferecendo testagens a todos que estão trabalhando neste momento. E não foi por falta de aviso: desde meados de março, o SEMAPI vem sistematicamente contatando diversos órgãos do executivo, desde a direção da Fundação até entidades como o GAE e a Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, informando da precariedade de condições de trabalho impostas a trabalhadores e trabalhadoras. No final de abril, o Sindicato fez uma denúncia ao Ministério Público do Trabalho (MPT) e à Vigilância Sanitária do Estado e do Município de Porto Alegre.
Ao optar por uma política de testagem apenas para aqueles que apresentam sintomas, sem testar trabalhadores e adolescentes, o governo opta por criar condições para o aumento do risco de contágio, principalmente pelo trabalho ser desenvolvido em unidades fechadas. Sem testagem, a contaminação ocorre silenciosamente. Na ausência de medidas preventivas adequadas, a probabilidade de que desfechos trágicos, como o do óbito do colega Batista, voltem a ocorrer são altos. Insistimos mais uma vez com o governo do Rio Grande do Sul, que parece mais preocupado com a economia e com os discursos bonitos, para que observe melhor  a realidade e passe a tomar medidas concretas para conter o  avanço da epidemia de Coronavírus no Estado. Todas as vidas importam!
Voltar
  • SEMAPI-RS
  • 0800 5174 06
    (51) 3287 7500
  • ouvidoriasemapi@gmail.com
  • Travessa Alexandrino de Alencar, 83, bairro Azenha - Porto Alegre/RS
  • Newsletter