• T-
  • T
  • T+
CÓDIGO SINDICAL: 565.000.02779-7
Filiado à CUT Contracts

SEMAPI vai ao MPC resolver problemas da Le Card e da FPE

Na quinta-feira (28/11), integrantes da diretoria do SEMAPI estiveram no Ministério Público de Contas (MPC) para alertar e buscar soluções para problemas com o vale alimentação dos trabalhadores das fundações estaduais e também sobre a transferência dos adultos da Fundação de Proteção Especial (FPE). Nas duas audiências, os representantes foram recebidos pelo Procurador-Geral do MPC Geraldo Costa Da Camino, que se mostrou solidário às reivindicações da categoria.

Le Card

A empresa Le Card, que ganhou a licitação recentemente por apresentar o menor preço, informou que havia vários estabelecimentos cadastrados que poderiam aceitar o vale alimentação dos trabalhadores – o que não se comprovou na realidade. Dessa forma, os servidores estão sendo penalizados, pois não conseguem utilizar o benefício.

Além de trabalhadores da Fundação Gaúcha de Trabalho e Ação Social (FGTAS), que são os que mais têm sofrido com o caso, servidores de outras instituições também estão passando pelo mesmo problema. O SEMAPI levou provas ao MPC e pediu providências sobre essa reivindicação. Outros documentos e denúncias foram organizados e encaminhados ao Procurador-Geral, que comentou que verificaria a situação.

Transferência dos adultos da FPE

O SEMAPI, como representante dos trabalhadores da FPE e integrante da comissão criada para acompanhar o processo dos adultos transferidos, foi até o MPC verificar o andamento da denúncia feita pela deputada estadual Sofia Cavedon, conforme deliberação da última audiência pública sobre o tema. No encontro, Da Camino informou que o processo será encaminhado ao conselheiro relator, que dará seu parecer.

Na mesma quinta (28), o Sindicato, juntamente com a deputada Sofia Cavedon e demais Conselhos, também esteve com o MPRS (na Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos) para ter retorno sobre os encaminhamentos da Audiência Pública realizada na Assembleia Legislativa. A promotora Liliane Dreyer também foi convidada a participar de uma nova Audiência, que deve ocorrer no dia 12/12, para tratar da responsabilidade do município na questão das transferências dos adultos da FPE à clínica Libertad.

Foto: MPC
Voltar
  • SEMAPI-RS
  • 0800 5174 06
    (51) 3287 7500
  • ouvidoriasemapi@gmail.com
  • Travessa Alexandrino de Alencar, 83, bairro Azenha - Porto Alegre/RS
  • Newsletter